Fitônia: a plantinha dos terrários

planta-fitônia

Certamente quem gosta de terrários já viu estas plantinhas ornamentando esses mini jardins. Elas são muito utilizadas para essa finalidade devido esses recipientes fechados proporcionarem características de umidade e temperatura muito similar ao seu ambiente natural.

A fitônia


As fitônias são originárias de florestas tropicais da América do Sul, são herbáceas, perenes e muito fácil de cultivar.
Suas folhagens são a atração principal, com nervuras que possuem cores contrastantes ao verde da lâmina foliar.
As mais fáceis de encontrarmos são as fitônias nas cores branca, rosa, vermelha e tonalidades bem próximas a essas.
Podemos observar também diferença quanta as margens das folhas, algumas variedades apresentam margens lisas, enquanto em outras, as margens das folhas são onduladas.

Cultivo


planta-fitônia-vermelha

Para cultivá-las em vasos ou como bordaduras de canteiros, o ideal é um solo rico em matéria orgânica, sempre úmido e ao abrigo do sol pleno, pois quando o solo seca ela murcha.

Uma forma de ajudar a manter a umidade, é acrescentar uma cobertura de folhagens secas e em decomposição ou terra vegetal comprada em lojas de jardinagem, por cima do substrato ou solo. Assim estaremos simulando o solo de uma floresta onde tem a formação de serrapilheira, que é essa cobertura de resíduos vegetais propiciando retenção de umidade e geração de nutrientes.

As fitônias se propagam facilmente por estaquia. Qualquer galinho enterrado e mantido úmido vai gerar novas mudinhas rapidamente.


Assista ao vídeo sobre as fitônias



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem