Quebra-pedra-rasteiro (Euphorbia thymifolia) e seus benefícios

Erva quebra-pedra-rasteira sobre piso cimentado


Nome científico - Euphorbia thymifolia L.

Gênero - Euphorbia L.

Família - Euphorbiaceae Juss.

Origem - Nativa do Brasil


Euphorbia thymifolia é uma planta rasteira originária da América Tropical e Subtropical. Ela ocorre de forma nativa por vários países americanos, desde o México, passando por algumas ilhas caribenhas, toda América Central e América do Sul (menos Chile e Uruguai). No Brasil ela é encontrada por todas as regiões e em muitos estados. Além disso, essa erva encontra-se introduzida em vários países da África, Ásia e Oceania.

Popularmente essa erva pode ser chamada de quebra-pedra-rasteira, pois nasce espontaneamente rente ao chão, em brechas de calçadas, entre pedras do calçamento urbano e em solo pedregoso; ou ainda de quebra-pedra-roxo devido a cor do caule; e erva-pombinha, pois a ave rolinha (Columbina) adora comer suas sementinhas.

Existem ainda outras espécies do gênero Euphorbia que também podem ser conhecidas como quebra-pedra-rasteiro, principalmente a espécie Euphorbia prostrata, que é muito parecida e de difícil distinção de Euphorbia thymifolia, diferindo apenas em suas partes reprodutivas.


Características de Euphorbia thymifolia


Ramo do quebra-pedra-rasteiro com minúsculas inflorescências avermelhadas e ovaladas
Ramo com ciátios

Erva rasteira e anual, resistente ao sol pleno e altas temperaturas do solo. A planta possui látex branco e pegajoso, o caule é avermelhado e se ramifica com ramos que permanecem rente ao solo formando um pequenino tapete.

As folhas são curto pecioladas, com pecíolos vermelhos, elas se distribuem de forma oposta, são de formato elíptico, possuem base assimétrica e ápice quase sempre agudo, são verdes a avermelhadas e com a face de baixo verde-clara; a margem é irregularmente serreada; as folhas maiores medem entre 5 a 8 mm de comprimento.

A inflorescência ocorre em estrutura denominada de ciátio e que possui invólucro pubescente com flores masculinas e feminina, e ainda 4 glândulas vermelhas. Os frutos são avermelhados, elípticos e pubescentes. As minúsculas sementes são ovaladas e tetragonais.


Benefícios do quebra-pedra-rasteiro


A erva quebra-pedra-rasteiro ou quebra-pedra-roxo é uma planta medicinal utilizada em muitos países por conta das suas variadas propriedades terapêuticas. Os seus benefícios são populares até mesmo nos países de outros continentes onde a planta foi introduzida, como na Índia, onde essa erva é prescrita pela medicina alternativa ayurvédica para muitos problemas de saúde. 

Entre os usos populares, o chá, emplastro ou banho do quebra-pedra-rasteiro é utilizado como coadjuvante em diversas afecções, entre elas: contra diarreia, disenteria, prisão de ventre, hemorroidas, vermes, micoses, erisipelas, queda de cabelo, verrugas, feridas, inflamações, tosse, febre, infecções urinárias, cálculos renais, como depurativo do sangue, hemostático e sedativo.


Sobre as propriedades medicinais já comprovadas, existem publicações em importantes bancos de dados científicos descrevendo muitos estudos realizados com a espécie Euphorbia thymifolia, muitos deles realizados na Índia, onde os pesquisados avaliaram os extratos dessa erva afim de comprovar as ações terapêuticas que a planta possui visando fornecer substâncias para formulação de novos medicamentos.

Entre os fitoquímicos presentes na planta Euphorbia thymifolia estão esteroides, flavonoides, taninos, glicosídeos e compostos fenólicos. Essas substâncias são responsáveis por suas ações terapêuticas, que entre as quais destacam-se:
  • atividade diurética;
  • atividade laxante;
  • atividade adstringente;
  • atividade antidiarreica e disenteria — estudos com pacientes;
  • atividade antiespasmódica;
  • atividade antioxidante;
  • atividade antirrugas;
  • atividade anti-inflamatória;
  • atividade anti-hiperglicêmica — estudos com ratos apresentaram redução de glicemia, restauração pancreática e diminuição da ureia;
  • atividade anti-hiperlipidêmica — extratos reduziram colesterol total e triglicerídeos em cobaias;
  • atividade hepatoprotetora;
  • atividade antiestresse — extratos da raiz administrados em ratos;
  • atividade anti-helmíntica — contra um tipo de minhoca e lombrigas (Ascaris); e
  • atividade antimicrobiana frente a bactérias, fungos e vírus — estudos com o látex da planta evidenciaram ações contra as bactérias E.coli, Pseudomonas aeruginosa, Salmonella typhi, Staphylococcus aureus, K. pneumoniae, Streptococcus pneumoniae — contra o fungo Candida albicans e outros que causam danos em culturas provocando podridão e manchas foliares — e contra o vírus HSV-2 (herpes simples).


O quebra-pedra-roxo (E. thymifolia) ainda mostrou ser uma planta nutritiva por possuir diversos minerais em sua composição química, entre eles: fósforo, potássio, magnésio, cálcio, ferro, zinco, sódio, enxofre, cobre e manganês; e ainda vitamina C e betacaroteno (fonte de vitamina A).

Toxicidade

Cientistas (Sulaiman e outros) avaliaram em ratos a toxicidade aguda e também repetida por 28 dias e concluíram que não houve sintomas, nem lesões nos órgãos, nem alterações nos parâmetros de sangue e urina e nem mortalidade nos animais. Segundo esses pesquisadores, os extratos da erva-quebra-pedra-rasteiro (Euphorbia thymifolia) não causam danos à saúde.

Assista abaixo ao vídeo sobre a erva quebra-pedra:


Obs: A página @NossaFloraNossoMeio não orienta quanto ao uso de plantas para fins medicinais, a publicação tem caráter meramente informativo sobre a descrição da planta e suas propriedades confirmadas cientificamente. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem