Jequitibá: o gigante da floresta

copa-do-jequitiba-rosa


Jequitibá é um nome popular e de origem indígena, vem do termo tupi yekïti'bá, que é dado a algumas árvores da família Lecythidaceae e do gênero Cariniana.
As espécies mais populares são o jequitibá-rosa, de nome científico Cariniana legalis, e o jequitibá-branco, Cariniana estrellensis. Mas ainda destacam-se as espécies Cariniana ianeirensis, Cariniana parvifolia e a espécie Cariniana micrantha que ocorre na região amazônica e que pode alcançar até 65 metros de altura.

Jequitibá-rosa (Cariniana legalis)

O jequitibá-rosa ocorre exclusivamente na Mata Atlântica, do estado da Paraíba, na região nordeste, passando por todo o sudeste, até o estado do Paraná, na região sul do país. É a árvore mais alta desse bioma, onde já foram encontrados muitos exemplares centenários.

O jequitibá possui o tronco reto, cilíndrico, de 30 a 50 metros de atura e podendo ultrapassar 4 metros de diâmetro. A casca é expessa, fissurada e de tonalidade parda a marrom. A copa da árvore é ampla e umbeliforme (em forma de guarda-chuva). As folhas são simples, alternas, com formato ovada-oblongas a elípticas e com margem serrilhada. A inflorescência é em panícula terminal, com flores de tonalidade branca a creme. Os frutos são cápsulas do tipo pixídio, cilíndricas e lenhosas, com 4 a 7 centímetros de comprimento. Dentro deles estão as sementes que são aladas e dispersadas pelo vento.

Muitos jequitibás, por apresentarem idade longeva, acima de cem anos, estão categorizados como Monumento Natural devido a raridade, ao grande valor ecológico e também histórico.

Entre esses, destacam-se o jequitibá-rosa situado no município de Camacan, na região sul da Bahia, com 48 metros de altura e 4,35 metros de diâmetro, sendo considerado o mais alto do país até o momento. O jequitibá-rosa situado em Santa Rita do Passa Quatro, no estado de São Paulo, com idade estimada de 600 anos e que foi apelidado de patriarca, com 42 metros de altura e 4,03 metros de diâmetro (12,30 metros de circunferência). E o jequitibá apelidado de matriarca, que se encontra na mesma localidade do anterior, com porte de 44 metros de altura e 3,60 metros de diâmetro (11,88 metros de circunferência).

jequitiba-de-duzentos-anos
Jequitibá de 200 anos

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem