Posso Cultivar Espada-de-São-Jorge Dentro de Casa?


A espada-de-são-jorge é amplamente cultivada tanto para fins ornamentais quanto por suas propriedades energéticas e místicas difundidas por algumas culturas, principalmente as de cunho religioso.

É uma planta de origem africana e muito resistente, podendo ser cultivada a sol pleno, meia sombra e sombra. É uma das melhores plantas para quem não tem prática com jardinagem e deseja ter uma que requer pouca manutenção. Por ser uma suculenta, necessita de poucas regas, podendo ser bem espaçadas.

As folhas são dispostas verticalmente em rosetas, são fibrosas em forma de espadas com ápice pontiagudo. Apresentam manchas transversais intercaladas entre verde-escuro e verde-claro. Em algumas espécies e variedades, essas manchas podem ser mescladas de tonalidade branco-acinzentado ou conter bordas amarelas.

A inflorescência surge da base com flores perfumadas sem despertar interesse ornamental.

Mas a espada-de-são-jorge pode ser cultivada dentro de casa?



Ela é muito utilizada e recomendada como planta para ambientes internos devido as características de ser rústica; ser resistente à baixa iluminação e ao ar condicionado; apresentar aspecto decorativo e, aliado a tudo isso; ser uma excelente purificadora do ar, removendo muitas substâncias tóxicas. Além do uso em salas e hall de entrada, algumas pessoas utilizam até no quarto de dormir.

Sobre o ponto de vista do Feng Shui



Segundo muitos profissionais do Feng shui, que é um conceito filosófico milenar de harmonização de ambientes para diversas finalidades, devemos ter cautela ao usá-la dentro de casa, devido o seu formato de espada e ser pontiaguda, representando o elemento fogo. Desta forma, ela pode cortar os bons relacionamentos e gerar conflitos entre os familiares, principalmente para os que já são muito intensos.
O uso em ambiente externo é recomendável, pois acredita-se que a planta atrai prosperidade ao remover energias negativas que poderiam gerar bloqueios nessa área.

Do ponto de vista místico



A espada-de-são-jorge, como o próprio nome sugere, está associada a esse santo, e por sincretismo a Ogum, o orixá da guerra, coragem e proteção. Portanto, são utilizadas como forma de devoção ao santo ou orixá, e como amuleto protetor.

São utilizadas em templos de religiões brasileiras e afro-brasileiras, e em seus rituais por ter a função energética de cortar, combater e proteger de todo tipo de energia negativa. 

Muitos utilizam na porta de entrada, do lado esquerdo de quem entra, como forma de filtrar as energias de baixa vibração (maus espíritos, mau-olhado, inveja, etc.)

Tanto a espada, como a lança-de-são-jorge que possui as folhas cilíndricas, e ainda a espada-de-santa-bárbara ou Iansã que apresenta bordas amarelas, compartilham as mesmas características protetoras, sendo que a de santa-bárbara acredita-se que atua também contra adversidades de tempestades.

Usar ou não a espada-de-são-jorge dentro de casa?


Como podemos notar, nada impede o uso da espada-de-são-jorge em ambientes internos, o único alerta é em relação à possíveis desentendimentos entre familiares. Mas quanto a isso, pode-se experimentar e observar se ela está causando esse desequilíbrio.

Por outro lado, as pessoas que são mais sensitivas, provavelmente se sentirão mais protegidas e com o ambiente limpo espiritualmente.

Então depende do que cada pessoa crê, quem sabe até a nossa intenção influencie nos poderes energéticos e místicos dessa planta...se acreditarmos que nos trará benefícios, assim poderá fazer, mas se acreditarmos que irá nos gerar conflitos, nesse caso então, o melhor é cultivá-la em ambientes externos. 

Já para os descrentes dos poderes dessa planta, tê-las dentro de casa será uma ótima opção devido as suas qualidades ornamentais e fisiológicas.

Assista ao vídeo sobre a espada-de-são-jorge

2 Comentários

  1. Eu crédito no poder da espada de São Jorge e gosto Como decorativo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem