Publicidade

Panaceia (Solanum cernuum): características e benefícios da planta

Folhagem grande e verde-brilhante da panaceia


Nome científico - Solanum cernuum Vell.

Família - Solanaceae A. Juss.

Gênero - Solanum L.

Origem - Nativa do Brasil

A espécie Solanum cernuum é uma planta nativa e endêmica do Brasil, ela ocorre do estado da Bahia até São Paulo pelos biomas Cerrado e Mata Atlântica. Essa planta é chamada popularmente de panaceia devido aos variados usos que se faz dela na medicina popular, ainda pode ser conhecida como velame, velame-de-folha-grande, barba-de-bode, braço-de-preguiça, árvore-do-rato-morto, entre outros. 

A panaceia além de servir como planta medicinal também pode ser utilizada como planta ornamental por conta da sua vistosa folhagem. Veja abaixo as características e os benefícios da panaceia.

Características da panaceia:


Inflorescência da panaceia com muitos pelos e pequenina flor estrelada

A panaceia apresenta-se como arbusto pouco ramificado ou arvoreta de até 8 metros de altura; o caule é recoberto por pelos pardos, compridos e maleáveis; as folhas possuem um belo aspecto e ficam arranjadas de forma alterna-espiralada, são simples, pecioladas, grandes, com margem inteira, verde-brilhantes na página de cima e esbranquiçada na de baixo, possuem textura membranácea a subcoriácea e são suavemente ásperas, por baixo são sedosas.

A inflorescência é um simpódio muito peludo e que fica pendurado na axila das folhas; as flores possuem forma estrelada com pétalas esbranquiçadas; os frutos são bagas globosas e suculentas, ficam escondidos em meio aos pelos.

Benefícios da panaceia:


A panaceia serve ao uso popular como planta medicinal por conta das suas propriedades terapêuticas, com ela são feitos usos na forma de chá, compressas e banhos para para auxiliar no tratamento de vários problemas de saúde.

Em registros etnobotânicos são constatados usos da panaceia para tratar doenças de pele, infecção urinária, cálculos renais, problemas digestivos, úlceras, arritmia cardíaca, inflamações e como depurativo do fígado e sangue, entre outros.

Alguns estudos já foram realizados afim de constatar as suas propriedades medicinais, sendo confirmado que a espécie Solanum cernuum possuem compostos que apresentam atividades: antioxidante, anti-inflamatória, analgésica, gastroprotetora, antiúlcera, antitumoral, vasodilatadora, anti-hemorrágica, antibacteriana e antifúngica.

Assista ao vídeo sobre a panaceia:



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem