Publicidade

Solanum diphyllum: um arbusto exótico que está surgindo nos quintais

um-ramo-de-solanum-diphyllum-com-uma-flor-frutos-verdes-folhas-brilhosas-e-ao-fundo-gramado-verde


Família - Solanaceae A. Juss.

Gênero - Solanum L.

Origem - México e América Central

Nomes populares - erva-moura-de-duas-folhas, tomatinho-amarelo

A espécie de nome científico Solanum diphyllum é um pequeno arbusto ainda não popular no Brasil, mas que vem sendo dispersada em várias regiões do país e surgindo espontaneamente até nos quintais. Assim como aqui, em vários países ela foi introduzida como planta ornamental e acabou se dispersando como planta invasora.

Ela pertence a mesma família do tomate, pimentão, jurubeba...porém não foram encontrados estudos sobre a toxicidade dos seus frutinhos, sendo assim não é recomendado consumi-los, pois na família Solanaceae existem muitas plantas com princípios ativos que podem causar náusea, vômito, dor abdominal e outras complicações gastrointestinais.

Características da espécie Solanum diphyllum:


imagem-de-um-ramo-com-par-de-folhas-de-tamanho-desiguais-e-frutos-amarelos
Duas folhas de tamanhos desiguais em cada nó são características da espécie

Solanum diphyllum é uma planta arbustiva que vegeta tanto a pleno sol quanto na sombra em clima tropical e subtropical. Possui porte de 1 a 2 metros de altura, caule ereto, retilíneo e com lenticelas esbranquiçadas e a raiz é pivotante. As folhas nos ramos reprodutivos apresentam-se aos pares em cada nó, sendo uma bem maior do que a outra, e os pares de folhas estão dispostos de forma alternada no ramo. Eventualmente pode apresentar até três folhas por nó e todas de tamanhos desiguais.

As folhas são simples, sem pelos, possui margem inteira, tem formato elíptico a oblongo, sendo a folha menor mais arredondada,  são verde-escuras e brilhantes, e o pecíolo é alado.

A inflorescência é oposta ao par de folhas, as flores são pequeninas (1 cm de diâmetro), com 5 pétalas de cor branca a lavanda esbranquiçada e ficam dispostas viradas para baixo. O florescimento ocorre na primavera até o outono.

Os frutos são bagas globosas levemente divididas ao meio, eles ficam dispostos em pedicelos eretos, são duros e de cor verde quando imaturos, quando maduros são suculentos, amarelos e de sabor adocicado.

No interior dos frutos estão as sementes, entre 70 a 80, elas tem formato achatado e são de cor branco-amareladas, são dispersadas por pássaros e morcegos que consomem os frutos e possuem potencial germinativo por cerca de dois anos.

ramo-com-flores-para-baixo-e-frutos-verdes-para-cima
Ramo com flores viradas para baixo e frutos em pedicelos eretos

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem