Publicidade

Assa-peixe-roxo (Vernonanthura beyrichii)

imagem-de-vernonanthura-beyrichii-florida-no-mato-com-a-inflorescencia-formando-um-buque-de-pequeninas-flores-lilas


Família - Asteraceae Bercht. & J. Presl

Tribo - Vernonieae Cass.

Gênero - Vernonanthura H. Rob.

Nome científico - Vernonanthura beyrichii (Less.) H. Rob.

Origem - Nativo do Brasil

As plantas chamadas popularmente de assa-peixe são arbustos que pertencem à família botânica Asteraceae e que estão agrupados no gênero Vernonanthura. Dentre os quais, existem alguns assa-peixes de flores roxas, como as espécies: Vernonanthura beyrichii, Vernonanthura tweedieana, Vernonanthura westiniana, Vernonanthura montevidensis e outras.

Sobre a espécie Vernonanthura beyrichii, ela é endêmica do Brasil, ocorre de forma exclusiva desde o estado do Espírito Santo até o Paraná, pelos biomas Cerrado e Mata Atlântica, onde coloniza áreas abertas em estado de regeneração natural, campos úmidos, veredas, bordas de brejos e de fragmentos florestais.

A planta é um arbusto que pode atingir até 3 metros de altura, possui caule ereto, cilíndrico e sulcado. As folhas são pecioladas e ficam dispostas de forma mista, ou seja: alternadas e também opostas pelo caule e ramos; são de textura subcoriácea; de formato elíptico-lanceolado a lanceolado, com ápice agudo, base atenuada e margem denticulada; as faces não possuem pelos visíveis, mas são suavemente ásperas.

A inflorescência possui capítulos sésseis, com 3 a 5 séries de brácteas involucrais verdes e lanceoladas; com 8 a 22 flores muito aromáticas e de corola roxa que se tornam esbranquiçadas; os frutos são cipselas com cerdas de cor amarelo-ferrugínea.

A dispersão das sementes ocorre pela ação do vento, e a propagação também pode ser feita por estaquia de parte do ramo, deixando na água até que crie raízes para depois ser plantada.


parte-do-caule-verde-com-folhas-verde-escuras-em-meio-ao-mato
Caule jovem com folhas verde-escuras e de consistência pouco rígida


imagem-de-um-ramo-sobre-o-piso-com-destaque-para-folhas-em-posiçao-opostas-e-outras-alternadas
Ramo de Vernonanthura beyrichii com folhas opostas e alternas


racemo-da-inflorescencia-com-muitos-capitulos-de-bracteas-verdes-e-botoes-arroxeados
Capítulos sésseis com botões florais de tonalidade roxa


racemo-da-inflorescencia-com-capitulos-e-cipselas-amadurecidas-de-cor-amarelo-ferruginea
Após a senescência das flores a captulescência adquiri tonalidade ferrugínea


imagem-ampliada-dos-acapitulos-sesseis-com-cipselas
Em destaque, os capítulos com cipselas maduras

Referências:
SOARES, P. N Taxonomia de Acilepidopsis, Chrysolaena, Echinocoryne, Stenocephalum e Vernonanthura (Vernonieae, Asteraceae) de Minas Gerais, Brasil. UFU, Uberlândia, 2012.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem